domingo, 15 de abril de 2012

Economia Criativa ganha apoio do Legislativo friburguense através de projeto de lei

Objetivo é incrementar mercado que responde por 8,24% dos empregos formais do país e a proposta está disponível na Internet para amplo conhecimento da população

Através de projeto de lei, de autoria dos vereadores Marcelo Verly (PSDB) e Luciano Faria (PDT), a Câmara votará em breve a implantação do “Programa Cria Nova Friburgo”, de apoio à criação e ao fortalecimento de empreendimentos criativos no município.


Economia Criativa é um novo modelo de gestão e negócios baseado na transformação de capital intelectual e conhecimento em geração de trabalho e renda. A Economia Criativa baseia-se em atividades com origem no talento e nas habilidades individuais, que tenham conteúdo criativo e valor econômico, englobando os ciclos de criação, produção e distribuição desses produtos e serviços criativos, agregando valor ao ativo intelectual.

Com base neste conceito e também considerando que o Estado do Rio está articulando, através da Secretaria de Estado de Cultura, o Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa do Estado (Rio Criativo) para implementar um plano de ação para alavancar a Economia Criativa em território fluminense, além dos grandes eventos como Rio + 20, Copa 2014 e Olimpíadas 2016 como fomentadores da Economia Criativa, o vereador Marcelo Verly, com o apoio do presidente da Câmara, vereador Luciano Faria (PDT), que também assina o projeto, apresentou, na última semana de março, o documento, disponibilizado na Internet e redes sociais para que seja amplamente divulgado e possa receber críticas e sugestões daqueles profissionais que compõem a Economia Criativa em Nova Friburgo.

A íntegra do projeto de lei encontra-se no seguinte endereço http://migre.me/8wXmm

Fonte: Rosa H. Martire (Jornalista - Assessora de Comunicação do gabinete do vereador Marcelo Verly)

Nenhum comentário:

Postar um comentário