sexta-feira, 6 de julho de 2012

Alceu Valença e Banda de Pífanos de Caruaru homenageiam Gonzagão na primeira semana do Festival SESC Rio de Inverno em Nova Friburgo


Ronaldo Diamante, Encontro de Acordeons e outras atrações também são destaque

A primeira semana do Festival SESC Rio de Inverno em Nova Friburgo reunirá muitas atrações musicais, além de teatro, dança e exposição. A abertura do evento nesta sexta-feira (6/7), às 20h, será com show da Banda de Pífanos de Caruaru (foto) que fará uma homenagem aos 100 anos de Luiz Gonzaga. O grupo de música popular mais antigo do país, há 74 anos em atividade, contará com a participação da dupla de repentistas Castanha e Caju.

No sábado (7/7), às 19h, de graça, o baixista Ronaldo Diamante e o saxofonista Daniel Garcia tocam clássicos da música brasileira e composições originais, com novos arranjos. Amigos de longa data, trabalhando juntos com artistas como Maria Bethânia e Marisa Monte, eles resolveram juntar forças e formar um quarteto com os músicos Marco Tommaso (teclado) e Paulo Diniz (bateria). No repertório, entre outras canções, estão “Maracangalha”, de Dorival Caymmi, “Até quem sabe”, de João Donato” e “Três apitos”, de Noel Rosa. Às 21h, grandes nomes do acordeom vão passear por vários estilos, como samba, choro, forró e, claro, baião.

Fechando o fim de semana musical, no domingo (8/7), às 18h, Alceu Valença apresenta o show “Lua e eu”, inédito no Rio. Nascido no agreste pernambucano, o músico cresceu escutando a música de Luiz Gonzaga e os elementos originais que ajudaram o Rei do Baião a consolidar seu estilo. A relação entre os dois artistas é evidenciada no número que junta “Asa branca” e “Anunciação”, compostas, respectivamente, por Luiz e Alceu. Toadas como “Estrada de Canindé” e “Solidão” e baiões como “Coração bobo” e “Baião” se alinham quanto ao gênero. Já “Tropicana”, “Vem Morena”, “Juazeiro” e “Na primeira manhã” falam de amor.

O teatro também segue prestando homenagens. No domingo (8/7), às 11h, na Praça Getúlio Vargas, o coletivo teatral Sala Preta apresenta, de graça, duas peças ao ar livre. A primeira, “A noiva de Gonzagão”, lembra Luiz Gonzaga, e a segunda, “As viúvas de Domingos”, é dedicada a Dominguinhos.

As crianças também poderão se divertir com as artes cênicas. No sábado (7/7), às 16h, o musical “O cavalo transparente” conta a história da busca de uma cigana por um vidro de perfume que tem dentro todas as tristezas do mundo. Já em “Perez e Gil, piratas”, em cartaz no domingo (8/8), também das 16h, um pirata é convencido por seu papagaio a contar suas aventuras. Ambos os espetáculos têm entrada gratuita.

A galeria do SESC Nova Friburgo ganha o colorido de 16 caricaturas feitas por cartunistas e chargistas sobre o escritor Jorge Amado. Chico Caruso, Cavalcante, Ique e Liberatti estão entre os artistas que retratam o baiano que ajudou a difundir a cultura regional brasileira no exterior.

Os amantes da dança contarão, a partir do dia 12/7, com uma programação especial. Neste dia, terão início duas oficinas. A de dança clássica será ministrada por Francisca Timbó e a de dança contemporânea, por Andrea Jabor. As inscrições devem ser feitas no SESC Nova Friburgo (21 - 2543-5000). Às 16h, a videodança é destaque com mostra e palestras de Luciano Ponso e Leonel Brum. Às 20h, a companhia paulista Ballet Stagium faz uma homenagem ao centenário de Adoniran Barbosa com o espetáculo “Adoniran”.

http://www.festivaldeinvernosescrio.com.br/programacao/cidade/nova-friburgo

Nenhum comentário:

Postar um comentário